sexta-feira, 27 de maio de 2011

Funk americano vs Funk carioca



VS


Como todos sabem o Funk Carioca na opinião da maior parte da população brasileira é a vergonha do Brasil, eu sou mais um que tem essa opinião, alias eu nem considero Funk carioca como estilo musical, é o único que eu não considero, mas esse não é o caso, bom existe o verdadeiro Funk que é o Funk norte americano, também conhecido como soul funk, esse é um gênero que eu particularmente gosto, e gosto também de algumas bandas que são influenciadas por esse gênero.

Porem eu estou percebendo que cada vez mais as pessoas esqueceram da grande lenda que é James Brown e reclamando cada vez mais do "funk", eu fico realmente muito inconformado quando eu falo pra alguém que eu gosto de funk, logo essa pessoa começa a ficar sem reação e eu logo tenho que dizer que é de funk norte americano que eu estou falando, isso porque eu sempre deixei claro que eu não considero funk carioca como gênero musical.

Então pra quem não se lembra o Funk começou em 1960 e teve influencias do blues e do jazz, alem de contribuir para influenciar o rock, como no caso da banda Red Hot Chili Peppers, ou na Faint no More que são bandas que sofrem grande influencia do funk. Concerteza o maior exemplo de funk que podemos encontrar é aquela famosa musica de James Brown Get Up.

E sobre o funk carioca acho que eu nem preciso falar muito né, bundas, letras com erros de português, bundas, peitos, bundas, letras ofensivas, bundas, nenhuma linha musical seguindo uma determinada escala em um determinado modo acadêmico (ex: Jônio, Eólio...), bundas, putaria, e por fim bundas é basicamente isso.

É claro que o Funk norte americano tem letras "sujas", porém não são pesadas, e não contem palavrão (pode ser que uma ou outra tenhas mas não a maioria), também não estou dizendo aqui que ele é o melhor estilo musical ate porque eu não acho isso, porem não podemos dizer que ele morreu, apenas perdeu bastante espaço no meio musical, e também não devemos reclamar o tempo inteiro do funk carioca basta não ouvi-lo!

Este post não teve um grande objetivo só mostrar um pouco do que eu gosto e da minha indignação com a exclusão do funk americano, então eu vou ficando por aqui, escutem mais James Brown, ele criou boas musicas, e até o próximo post, abraço de longe.

14 comentários:

  1. *"Faith No More"

    Vcs Brasileiros que inventam tanta palavra, porque foram banalizar o nome de um grande estilo musical?
    Esse esterco a que chamam de Funk Carioca bem podia ter um nome absurdo estilo, sei lá... Pimbamzão!
    Parece que tou vendo... nego se roçando ao som do pimbamzão.


    Escrito ao abrigo do acordo desortografico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diferenças à parte, palavra de origem inglesa funk servia para adjetivar musicas dançantes, sex e soltas, sendo assim levando ao pé da letra o funk carioca é mesmo FUNK, embora eu que vivenciei o Movimento Black da decada de 70, não concorde.

      Excluir
    2. Errado, o adjetivo é "funky" com "Y". "Funk" é o nome do estilo musical que pertence ao gênero R&B.

      Excluir
  2. Isso sim é FUNK, já o funk carioca, é um esterco sonoro que só imbecis entorpecidos curtem e só merece ir pra PQP mesmo. Funkster é o cara que curte Funk Americano, já o idiota que curte funk carioca só merece ser chamado de FunkFucker. O Funk Americano tem letras nobres e maravilhosas, instrumentos fantásticos, cantores de primeira, já esse estrume sonoro que chamam de funk no brasil, só tem letra vulgar e nojenta. E ainda dizem que funk carioca faz parte da cultura brasileira cultura. Cultura, uma música nojenta dessas?! Por favor, me poupe. O Funk Americano é dez vezes melhor...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lamento contraria-lo, mas o funk americano também era um ritmo de protesto, com letras agressivas e ofensivas, embora não tivesse o uso de palavrões.

      Excluir
    2. Geni eu concordo com você, mesmo tendo escrito esse post 2 anos atrás essa não é mais a minha linha de pensamento, o funk soul é como qualquer outro estilo e tem diversas variações, mesmo a musica que eu citei a "get up" tem uma relação direta com o sexo e eu não vejo mais isso como um problema, eu acho que podemos considerar a libido como um sentimento e musica é isso é arte, é sentimento então porque criar uma tabu sobre isso? As vezes eu acho que deveria apagar alguns posts como esse porque eu amadureci muito nesses 2 anos, mas é interessante pra mim poder ver como eu pensava antes. Enfim para não ficar algo tão vazio em minha fala eu indico uma banda brasileira para você, talvez você ja tenha ouvido: Funk como le gusta.

      Excluir
    3. "Get Up (Sex Machine)" faz alusão ao sexo mas não à pornografia. É bem diferente.

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. na minha opinião vc ta sendo muito preconceituoso existe varios tipos de funk e cada um tem seu jeito de dança e de se expressa, voce pode nao peceber por que esta conformado com seu preconceito que varios cantores de funk usa a musica como forma de se expressa e de fazer a sociedade ouvi-lo . e funk é BRASILEIRO SIM , É GENERO MUSICAL SIM . saia da sua zona de conforto e pecerba que não é so o funk que tem letras de orgia e ostentaçao.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só existe um funk. Não é pq a rede globo considera o rabo de um cachorro uma pata, que o animal vai passar a ter cinco patas. O "funk" carioca é baseado no Maiami Bass e não no funk americano. Quem tem preconceito com a informação é vc.

      Excluir
  5. Kevin perfeita incompreensividade30 de agosto de 2016 21:47

    Eu estava sendo preconceituoso* o post é de 2011, felizmente não tenho mais essa opinião, não que eu escute funk carioca, mas aprendi a conhecer e respeitar, eu não apaguei o post porque pra mim é importante ver o que eu pensava e falava anos atrás é uma oportunidade única de reflexão que eu acabei crianfo... Enfim convido você a visitar meu novo blog www.perfeitaincompreensividade.wordpress.com.br lá tá mais "atualizado" conforme o que eu penso. Obrigado pelo seu comentário :)

    ResponderExcluir
  6. Arrepiei lendo o último dialogo. O funk evolui assim como nós devemos evoluir. Música é conexão. Obrigado por essa experiência

    ResponderExcluir
  7. engraçado q o nome do blog já falava sobre...vc já até sabia, mas não via haha ✌👊

    ResponderExcluir
  8. Até hoje não considero e nunca vou considerar o "FUNK Brasileiro" como estilo musical, isso é uma aberração . Para que ocorra o fenômeno musical , precisamos de três elementos básicos essenciais : RITMO, HARMONIA e MELODIA. Todo mundo que estuda música sabe disso, e o FUNK norte-americano representa muito bem isso. Essa porcaria que hoje toca nas ruas, infelizmente é fruto da imbecilidade e estupidez da maior parte da nossa população, culpa desse governo corrupto que quase faliu com o país, o povo não tem educação, não estuda, faz qualquer barulho e já acha que criou música, tão porcaria que lá fora é conhecida como "música eletrônica Brasileira", os estrangeiros não conseguem compreender tamanha ignorância em assemelhar uma coisa com a outra(Soul Funk).Provavelmente se ensinassem música nas escolas, a história seria outra.Teríamos mais Antônios Carlos Jobim's por aí, e não essa aberração de apologia a drogas, armas, roubo e agressão a mulher.

    ResponderExcluir